• (3)
  • (9)
  • (3)
  • (3)
  • (3)
  • (3)
  • (47)
  • (5)
  • (4)
  • (13)
  • (3)
  • (3)
  • (2)
  • (4)
  • (3)
  • (3)
  • (4)
  • (19)

Anuncie também

Anuncie gratiutamente na mais completa seção de classificados off road da web brasileira

outubro 17, 2006

Vai tombar! Adventure in Serra

A cidade de Serra Negra, interior paulista, foi cenário de diversas modalidades off-road como rally de regularidade e o rock crawling, onde boa parte dos 4×4 tombou

Pelo quarto ano consecutivo a equipe Trilheiros da Serra organizou o bem sucedido Adventure In Serra Off-Road. O evento, realizado em Serra Negra – a 150 quilômetros da capital paulista, reúne várias tribos de amantes do fora de estrada. No Centro de Convenções da cidade foi possível admirar os mais preparados veículos 4×4 da turma do Rock Crawling, os jipes e Jeeps prontos para enfrentar as trilhas e atoleiros da região e também os 4×4 mais novos que enfrentaram as médias de velocidade altas do rally de regularidade. Além deles, gaiolas e motos também participaram e, segundo os organizadores, cerca de oito mil pessoas passaram pelo local.

O evento, que teve início na noite de 15 de setembro e encerramento no final da tarde do dia 17, contou com atrações variadas e etapas de dois campeonatos importantes. Um deles foi a quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Rock Crawling pela UNRoC (União Nacional de Rock Crawling). O Paulista de Off-Road também foi disputado no Adventure e contou como quinta etapa do certame.

Rock Crawling

Muita lama
Como já é tradição, aconteceu também a prova de arrancada na lama. Os veículos competiram na tarde de sábado (16) em uma pista dupla com aproximadamente 150 metros de puro barro. Diversão garantida para os 15 jipes participantes.

O ponto forte do evento, como nos anos anteriores, foi o passeio realizado em trilhas por trechos da área rural da cidade. Foram 149 veículos 4×4 – a maior parte formada de Jeep Willys – e gaiolas, além de 150 motocicletas. Essas últimas fizeram um percurso diferenciado e mais longo.

Debaixo de uma chuva que começou na noite anterior, os jipeiros percorreram cerca de 60 quilômetros de trilhas escorregadias e alguns atoleiros.
Cerca de 500 quilos de alimento foram arrecadados durante o Adventure in Serra e entregues ao Fundo Social de Solidariedade de Serra Negra.

Muito tombo
A etapa do Brasileiro de Rock Crawling contou com cinco obstáculos montados em uma arena, onde o objetivo era dificultar ao máximo as passagens dos carros.
O primeiro obstáculo foi o “Jardim das Pedras 1”, onde a equipe Spider/Suzucar de Ribeirão Pires proporcionou o susto inicial para o público, capotando de lado. A equipe Sampa 4×4, de São Paulo, teve o câmbio quebrado, e saiu da disputa. Logo depois, a equipe SLU/Palitex, de Belo Horizonte, demonstrou porque os mineiros tem a fama de loucos no Rock Crawling. Faltando pouco tempo para o final do obstáculo, eles aceleraram tudo e saíram pulando as pedras, literalmente saltando para fora do obstáculo.

Rock Crawling

Nesse momento, começou a aparecer a superioridade da equipe Jipenet-Off, de Pindamonhangaba. Com um jogo de equipe muito bom, conseguiram superar o “Jardim das Pedras 01”, dentro do tempo e sem perder nenhum ponto. Estavam assim na liderança.

Na grande pilha de “Caçambas”, as dificuldades foram muitas e nenhuma equipe conseguiu transpor. A equipe Spider/Suzucar tentando uma linha de ataque diferente, novamente capotou.

Na seqüência, a equipe Almeidas 4×4/Ensimec de Belo Horizonte estava indo muito bem e tentava ultrapassar o obstáculo “Suka-Tudo”, formado por três carros e pedras. Tombaram também. A equipe vencedora da etapa anterior, a Cobra, de São Paulo, não foi bem e não conseguiu superar “Suka-Tudo”. Até esse momento, as equipes tinham pontuações semelhantes, com uma ligeira vantagem para a equipe Jipenet-Off.

Simultaneamente, as equipes enfrentavam as “Manilhas” com quase dois metros de altura. Os veículos tiveram dificuldade em subir, mas o show e a plástica das imagens foram um espetáculo a parte. Na descida, um ângulo de 90º de inclinação e lá foram os carros embicar o pára-choque no chão.

Rock Crawling

O último obstáculo foi o “Jardim de Pedras 2” e decidiu a prova. A equipe Almeidas 4×4/Ensimec tentou se recuperar, fazendo uma manobra em apenas duas rodas. Quase tombaram, mas não foi o suficiente. Com um erro de estratégia da equipe Spider/Suzucar no último momento, a equipe Jipenet-Off, sagrou-se campeã Foi a primeira vitória de Stephan ADI e Zé Laerte este ano.

Na categoria Desafio 4×4, a equipe Garra4x4 mais uma vez marcou presença, demonstrando que é possível participar do Rock Crawling com um jipe menos preparado. Basta ter vontade, coragem e habilidade.

Comentários