• (4)
  • (13)
  • (3)
  • (3)
  • (3)
  • (3)
  • (47)
  • (5)
  • (4)
  • (19)
  • (3)
  • (3)
  • (2)
  • (4)
  • (3)
  • (3)
  • (4)
  • (19)

Anuncie também

Anuncie gratiutamente na mais completa seção de classificados off road da web brasileira

Delahaye
junho 18, 2018

Delahaye VLR: francês desconhecido

Já imaginou um jipe francês? E que esse jipe não foi muito bem aceito pelo exército por ter muitos avanços tecnológicos? Este é o Delahaye VLR que encontramos restaurado em Minas Gerais

Produzindo carros de alto luxo, bem ao gosto do usuário francês, a Delahaye viu-se em situação comercial totalmente desfavorável com início da Segunda Grande Guerra. Os compradores simplesmente desapareceram. A solução era óbvia: fabricar veículos militares! Nascia o Jipe Delahaye para uso militar. Com o fim da guerra, o comércio destes veículos também caiu. Mas a Delahaye não desistiu: aprimorou seus modelos para uso civil, acrescentando ao seu mercado um público ruralista. No total, a Delahaye fabricou apenas 9.623 jipes, a maioria Delahaye VLR (Voiture Légère de Reconnnaissance – viatura ligeira de reconhecimento), militares, e um pequeno número do variante civil de 12 volts, o VLRC-12. O preço da versão civil mostrou-se porém, demasiadamente alto, devido ao número abundante de jipes militares, sobras-de-guerra, restaurados e comercializados.

Em 1947 o exército francês decidiu substituir seu estoque de Jeep Willys e Ford por uma geração nova do VLR. A antiga versão militar passou por uma reformulação no projeto e em 1951 o exército aprovou o novo modelo mais sofisticado, com suspensão independente e ajustável, por barra de torção nas quatro rodas (sistema semelhante ao usado no Fusca), transmissão sincronizada de quatro velocidades, bloco do motor em alumínio, cárter seco e sistema elétrico de 24 volts, etc. Porém no uso diário, ininterrupto, muitas vezes em estradas deficientes e sem uma adequada manutenção, revelou que o modelo não se mostrava tão eficaz como nos testes feitos por técnicos. Em 1952 e 53 novas modificações foram feitas: novo design do sistema diferencial, assentos mais seguros e mais confortáveis e outras alterações de caráter técnico, adaptando-o melhor, tanto para o uso civil como militar.

Para o Brasil vieram pouquíssimos jipes Delahaye VLR, modelos 1952/53, adquiridos pelo Governo de Minas Gerais. Juscelino Kubitschek, na época governador do Estado, trouxe alguns veículos franceses para uso da Polícia Militar e pelo DER. Allen Roscoe, arquiteto e artista plástico, restaurou completamente o Delahaye seguindo padrões de veículos militares utilizados em terrenos arenosos. “Mandei pintá-lo na cor bege claro usada por alguns exércitos para camuflagem em combate no deserto”, explica. “Atualmente só se tem notícia de três jipes desses no Brasil, porém um deles encontra-se totalmente desmontado, praticamente destruído”, esclarece Allen. Ele julga que o seu é modelo 52, mas não afirma com certeza absoluta, pois os modelos 52 e 53, em suas características físicas, são iguais. Uma coisa é certa: o Delahaye que ele possui em seu galpão é uma raridade.

Por: Adriano Rocha / Fotos: Adriano Rocha

Comentários