Mapa do Site Primeira Vez? Publicidade
Rodeio
 
Abertura > Dicas > Equipamentos
O uso correto dos faróis auxiliares
Por: João Roberto Gaiotto - Técnica 4x4 / Fotos: Krishna Muirhead

Os faróis auxiliares são instalados para aumentarem o raio de ação dos faróis originais ou simplesmente para incrementar o visual. Muito se questiona sobre a colocação de faróis auxiliares, principalmente sobre as exigências legais com a instalação e como fazê-la corretamente.

Questões Legais

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro pode-se instalar somente dois pares de faróis auxiliares, além dos principais. Um par deve ser destinado para o uso em caso de neblina e outro para iluminação à longa distância, sendo que este último deve ser acionado somente em conjunto com a luz alta.

Mas, mesmo seguindo a lei, já tive que retirar um par de faróis de neblina da frente da Toyota, em uma 'blitz' na BR 116, porque o guarda rodoviário cismou que tinha faróis demais na frente do jipe. Fazer o quê nestes casos?!...

Os faróis de neblina devem ser instalados na parte frontal e inferior do veículo, já que a neblina fica a princípio, ao nível do solo e espalhada ao redor.

Cuidado, porém, ao colocar esses faróis abaixo da linha do pára-choque, como já vi muitos por aí, pois na abordagem de rampas, os faróis ficam exatamente junto ao ângulo de ataque, sendo os primeiros a se chocarem com o barranco.

Já os faróis de longo alcance, ou de milha como são mais conhecidos, devem ser instalados até a mesma altura dos faróis principais. Mas em um 4x4 a tentação de se colocar faróis na parte de cima, junto ao bagageiro, também é muito grande. Nesse caso eles devem permanecer protegidos ou tampados, com um protetor plástico, enquanto se estiver trafegando em vias públicas. Quanto às lâmpadas, você pode usar qualquer cor desde que sejam brancas.

A instalação dos faróis deve ser feita evitando futuras sobre-cargas na parte elétrica. É aconselhável entregar o serviço a um bom eletricista de automóveis, ou para a concessionária que lhe vendeu o veículo, pois eles têm condições de realizar uma instalação profissional. Componentes elétricos como faróis, drenam muita corrente (e não amperagem), e necessitam de fiação e chaves comutadoras que correspondam às necessidades do equipamento. Se estas não forem bem dimensionadas correm o risco eminente de derreterem, podendo colocar em curto-circuito partes importantes da fiação, ou até mesmo provocar um incêndio perigoso. Solicite que seu técnico instale uma caixa de relés e fusíveis adicionais para dar mais apoio ao novo jogo de faróis, e mantenha um conjunto de fusíveis reserva junto com a caixa de ferramentas.

Em deslocamentos noturnos, por trilhas fechadas, os faróis auxiliares são fortes aliados. Oriente os faróis de neblina para ficarem ligeiramente voltados para cada lado do veículo e os de milha totalmente para a frente, ou também ligeiramente voltados para as laterais, de maneira a iluminar as margens da trilha. O uso conjunto destes faróis com os principais, dará uma cobertura fantástica do terreno logo adiante, facilitando a visualização de obstáculos e demais perigos ocultos, garantindo muito mais segurança no deslocamento. Para operações de patrulha ambiental esta configuração é muito útil, pois ilumina o interior da mata e facilita a localização de infratores. Não esqueça de recolocar os faróis em sua posição normal quando chegar na estrada principal ou rodovia, pois estarão diretamente voltados para o lado oposto da pista, isto é, direcionados para a face dos motoristas que vem em sentido contrário.


 

Dotzi Planeta Off-Road
geral@planetaoffroad.com


Aviso Legal
Privacidade
Créditos