Titulo
Por: Adriano Rocha

Suzuki Vitara segundo José Maurício Aburachid

"Para mim, o único defeito do Suzuki Vitara fica mesmo por conta do custo de manutenção, mas ele é um carro excepcional." Este é o ponto de vista de José Maurício Aburachid sobre seu veículo 4x4, ano 1995, o destaque da coluna "Opinião" desta semana.

VitaraTrata-se de um veículo que, bem como a maioria dos importados, traz desvantagens como esta citada pelo proprietário, mas também vantagens em termos de conforto, economia de combustível, designe favorável à boa visibilidade do ambiente externo e características mecânicas que tornam o 'dirigir' mais agradável. "Eu o acho muito macio, a direção hidraúlica também, o ar-condicionado e seu tamanho excelentes, a posição de dirigir é ótima, a embreagem, os freios, o câmbio, todo o conjunto é comparável a um bom carro street. Por todos estes motivos que minha esposa o quer a todo momento. Ela adora o Vitara", afirma Aburachid. O "desconforto interno" fica por conta de quem viaja nos bancos traseiros. O espaço é reduzido apesar de ser possível usar as regulagens que os bancos possuem.

A manutenção gera um custo relativamente alto. As concessionárias de importados, oficinas mais indicadas para fazer reparos em veículos desta natureza, normalmente tem gastos altos que, obviamente, são repassados aos clientes. "Para se ter uma idéia, os rolamentos traseiros comprados no 'paralelo' custaram em média R$ 310,00 cada um", alerta Aburachid. Vale destacar também que determinadas peças nem sempre são encontradas com facildade no mercado. Foi o que aconteceu com o proprietário do Suzuki Vitara ao precisar substituir o pára-choque dianteiro. Foi necessário adaptar o do modelo fabricado em 1997. Porém uma ótima vantagem é o fato de o veículo ser bastante conhecido. Várias oficinas offroad não têm problemas em efetuar qualquer tipo de reparo em um tempo bastante satisfatório.

O consumo moderado de combustível é outra vantagem oferecida pelo Suzuki Vitara que surpreendeu José Maurício Aburachid: "Quando comprei o Vitara, muitos amigos me disseram que ele consumia muito combustível. Sua média na cidade fica algo em torno de 7,5 a 8,5 Km/litro. Na estrada consome 12 a 13 Km/litro. Para um veículo 4x4 à gasolina é acima da média, principalmente se considerarmos o ar condicionado, sempre ligado, e a direção-hidraúlica".

De um modo geral o Suzuki Vitara é mais um veículo 4x4 que possue características capazes de servir de forma satisfatória seu proprietário, tanto no uso urbano quanto em trilhas e viagens no asfalto. "O Suzuki Vitara é bastante "valente" e dentro de meu perfil ele sempre superou as expectativas passando por todo tipo de obstáculos a que me dispus enfrentar, sem nenhuma ressalva. A visibilidade é o seu ponto alto, já que a sua área envidraçada é enorme. Para um veículo fora-de-estrada é rápido e não se comporta mal em nenhum tipo de situação, dentro daquilo que se pode esperar deste tipo de carro no asfalto. Reclamo apenas que em estradas de terra os ruídos internos incomodam bastante e outros proprietários me disseram ser isto normal. Realizei várias e longas viagens e, em todas, ele se saiu perfeitamente bem. Na cidade eu o utilizo como carro de trabalho e também neste segmento estou muito satisfeito. Enfim, nada posso reclamar" conlcui o raio X, José Maurício Aburachid.

COMENTÁRIOS Comente