• (4)
  • (15)
  • (5)
  • (10)
  • (4)
  • (3)
  • (7)
  • (3)
  • (49)
  • (12)
  • (49)
  • (3)
  • (6)
  • (3)
  • (4)
  • (3)
  • (1)
  • (6)
  • (20)

Anuncie também

Anuncie gratiutamente na mais completa seção de classificados off road da web brasileira

Lunar Rover Vehicle
Maio 4, 2020

Um 4×4 que foi bem longe

No início da década de 70 um veículo 4×4 foi projetado para enfrentar um desafio totalmente novo: a exploração lunar com sua baixa gravidade e vácuo

Quando falamos que a Planeta Off-Road é sua aventura sem fronteiras, não estamos brincando. Prova disso está aqui, com um 4×4 que, sou capaz de apostar, foi bem além do esperado quando pensamos em trilhas. Trata-se do Lunar Rover Vehicle – LRV para os mais íntimos. Ele foi desenvolvido a pedido da NASA para ser utilizado nas missões na Lua.

O primeiro LRV foi construído no início da década de 70 após um contrato de 19 milhões de dólares com a Boeing e General Motors. Sua primeira missão aconteceu em julho de 1971, quando a Apollo 15 pousou em solo lunar. Na ocasião, ele rodou cerca de 28 quilômetros em pouco mais de três horas levando dois astronautas, ferramentas, equipamentos científicos e aparelhos de comunicação. Apesar de ter autonomia de até 65 quilômetros, por questões de segurança, o LRV não podia afastar-se mais do que 9,5 quilômetros do módulo lunar. Esta distância podia ser percorrida pelos astronautas caso o veículo parasse de funcionar.

Lunar Rover Vehicle

Para levar os astronautas nestas expedições mais longas o Lunar Rover era equipado com quatro motores elétricos. Cada motor de 0,25 HP impulsionava uma das rodas dando ao veículo a qualidade de 4×4 permanente. Junto a elas, uma caixa redutora 80:1 dava alto torque e mantinha o jipe em baixa velocidade (a máxima era de 13 km/h).

As rodas de 32 polegadas eram feitas com malhas de cordas metálicas e, pelo lado externo, uma camada de titânio dava maior resistência e poder de tração. O uso de borracha foi eliminado em virtude do peso.

“O Lunar Rover provou ser um veículo de exploração lunar confiável. Sem ele, as mais importantes descobertas da Apollo 15, 16 e 17 não seriam possíveis” Harrison Schmitt

Além dos motores nas rodas, o LRV possuía dois motores para direcionar as rodas. As quatro viravam (em sentidos opostos na traseira e dianteira). Em caso de pane em algum deles, o sistema continuava funcionando em apenas um eixo. Para movimentar todo este aparato, o Lunar tinha duas baterias de 36 volts dando condição de até 78 horas de operação.

Lunar Rover Vehicle

O chassi foi todo construído em alumínio e formado de três partes possibilitando seu transporte dobrado dentro do módulo lunar. Pesava 210 kg na terra (36 kg na Lua) e tinha 3,1 metros de comprimento com entre – eixos de 2,3 metros. A suspensão era formada por duplo “A” com barras de torção e deixavam o veículo com 36 centímetros de vão – livre.

Além da Apollo 15, as missões 16 e 17 no ano de 1972 também usaram o Lunar Rover. Os três LRV utilizados foram deixados na Lua após o uso.

Por: Adriano Rocha | Fotos: reprodução

Comentários